23 fevereiro 2018

Serviço de Cobranças: reembolso (1)



Lisboa (14.05.1901) -> Erkner (18.05)
IP - OM 30A
CE 127 - papel liso, dent. 12 ½
CE 141 (x2) - papel liso, dent. 12 ½



Bilhete Postal, registado e sujeito a cobrança, remetido de Lisboa para a Alemanha. A franquia mista de 75 réis, composta por 20 réis do Inteiro Postal e por 55 réis em selos adesivos adicionais, corresponde ao envio de um bilhete postal (25 réis) e ao prémio de registo (50 réis) para a Alemanha, de acordo com a tabela de portes resultante do convénio da UPU, em vigor a partir de 1 de julho de 1898. O valor dos encargos inerentes ao serviço de cobranças (taxa fixa de 0,10 francos = 0,125 marcos = 25 réis + 0,50 francos = 0,625 marcos = 65 réis pelo prémio ordinário de emissão de vale postal internacional) era deduzido ao valor de reembolso, sendo transmitido ao remetente por meio de vale postal, ao abrigo das disposições resultantes da Convenção Postal Universal de Washington, de 15 de junho de 1897.
O "Catálogo de Inteiros Postais Portugueses - 1º Volume - Portugal" refere que os quatro bilhetes postais desta emissão e taxa (n.ºs 30A a 30D) foram retirados de circulação em 1.1.1899, erroneamente, pois o prazo de validade viria a ser dilatado por Portaria de 24.12.1898, perdendo o valor de franquia apenas em 1.9.1910, em conformidade com a Portaria datada de 9.6.1910.




Sem comentários: