23 julho 2017

Correspondência Açoriana (4)



Ponta Delgada (28.09.1863) -> Lisboa (3.10) -> Elvas -> Badajoz (4.10) -> Irun (8.10) -> St-Jean-de-Luz (9.10) -> Paris (09.10)


Carta de porte simples (até 15g) remetida dos Açores para a França, franquiada com um selo da taxa de 25 réis (tipo VI) para pagamento do porte territorial, conforme tabela da Carta de Lei de 09.09.1861, em vigor desde 13 de Setembro. 
Em França, a carta foi taxada em 15 décimes (cada 7,5g ou fracção, conforme tarifário de 01.04.1856) sendo rectificada posteriormente para 30 décimes sendo-lhe aposta a marca "TAXE RECTIFIÉE / R. 8." do serviço de distribuição postal  do 8° distrito municipal de Paris (Rayon 8).






15 julho 2017

Bibliografia Filatélica (28)






Título: Circular Datestamps of Portugal - 1880-1912 - 2nd.Edition
Autor: David Gordon / Paulo Barata
Editor: Paulo Barata
Local/Ano: V. N. Gaia. 2017
Páginas/Formato: 92. 150x209 mm
Língua: Inglês
ISBN: s/n





21 junho 2017

Correio de Bordo (15)

   

Cap Tourane (marca do vapor) -> Funchal (16.04.1935) -> Tournay (Bélgica)

 



Paquebot CAP TOURANE
Compagnie Maritime des Chargeurs Réunis


29 março 2017

Correio de Bordo (14)



  Vulcania (marca do vapor) -> Lisboa (10.05.1936) -> Washington/DC

bilhete postal ilustrado
Rua Pedro Homem / Ponta Delgada / Ilha de São Miguel / Açores



M/N (Motonave) VULCANIA
Cosulich Società Triestina di Navigazione / Italia - Società di Navigazion


Italian Line
Nova Iorque - Boston - Açores - Lisboa - Gibraltar - Argel - Nice - Génova - Palermo - Nápoles - Patras - Dubrovnik - Veneza - Trieste


13 março 2017

Correio de Bordo (13)



Funchal / Madeira - marca do vapor (01.11.1934) -> Paramaribo / Suriname (15.11)



S.S. (Steamship) VAN RENSSELAER
 KNSM - Koninklijke Nederlandsche Stoomboot Maatschappij


12 março 2017

Correio de Bordo (12)



Funchal / Madeira - marca do vapor (31.12.1936) -> Amsterdam



S.S. (Steamship) STUYVESANT
KNSM - Koninklijke Nederlandsche Stoomboot Maatschappij


14 setembro 2016

Marcofilia Diversa (17)



 
CE 2 - tipo II, azul

CB 5:10:5 n° 195 

Alvito


30 julho 2016

Postos de Correio (5)



Lisboa (09.10.1916) -> Lisboa - Terreiro do Paço (09.10) -> Córdoba (12.11)



Sobrescrito remetido de Lisboa para a Argentina. Foi lançado no Posto de Correio N° 32 de Lisboa e daí expedido para a Secção de Registos da Estação Central do Terreiro do Paço, sendo encaminhado para o país de destino depois de passar pelo controle da censura militar. Tratando-se de correspondência do tipo IMPRESSOS, circulou em invólucro aberto sendo-lhe aplicado o porte de $17 correspondente a um objecto postal registado (prémio: $05) de duodécuplo porte (com peso compreendido entre 550g-600g - $01 por cada 50g ou fracção).    


posto de correio n° 32
(Rua de Santa Marta, n° 116 a 118)



Depois de aceites e tratados, os encarregados dos postos de correio destacavam da caderneta mod. 444 o respectivo recibo, entregando-o ao apresentante do objecto postal registado.


 
posto de correio n° 12
(Rua do Rato, n° 9)




19 julho 2016

Cunhos de Serviço Fendidos (1)



É conhecido um número anormalmente elevado de fendas nos cunhos de serviço do selo da taxa de 5 réis da emissão de D. Luis I, gravados por Francisco de Borja Freire, provavelmente devido a uma má têmpera do aço. O catálogo especializado identifica treze tipos diferentes, cinco deles com fendas extensas, correspondendo, sem qualquer dúvida, a igual número de cunhos de serviço. Um deles está catalogado como tipo IX.




CE 14 - tipo IX, castanho-escuro

 
O exemplar supra foi impresso com o cunho estalado numa fase bem mais avançada, sendo perfeitamente visível o prolongamento da fenda lateral até ao quadro oposto. Fica, pois, a sugestão para um pequeno retoque no desenho esquemático deste cunho em futuras edições do catálogo.




26 junho 2016

Correio de Bóias (4)



Ponta Delgada (01.02.1934) -> Hamburg
Carta encaminhada por bóia de correio, remetida de Ponta Delgada para a Alemanha.
Porte correcto de 1$75 para uma carta singela (até 20g) encaminhada via superficie.




Testemunho do Sr. Manuel de Oliveira Neto Cordeiro (Chefe de Serviços da Agência de Navegação Bensaude):
 
"Os navios quando pretendiam deixar correio, enviavam um telegrama para a Agência comunicando que iam deixar correio em frente ao Porto de Ponta Delgada. A Agência tefefonava para os pilotos do Porto que esperavam a passagem do navio para irem recolher a correspondência".


Fonte: